"PF hoje é independente e transparente", diz Andrei Rodrigues

Em entrevista ao programa Reconversa, o diretor-geral da PF afirmou que as operações recentes têm sido conduzidas de forma técnica e sem exposição indevida dos alvos

Andrei Passos Rodrigues, Walfrido Warde e Reinaldo Azevedo (Foto: Jose Cruz/Agência Brasil | Reprodução/Youtube)

247 – Em uma entrevista concedida ao programa Reconversa, conduzido por Walfrido Warde e Reinaldo Azevedo, o diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, ressaltou a importância da autonomia e transparência na condução das investigações da instituição. O diálogo, disponível no YouTube, abordou diversos aspectos da atuação da Polícia Federal sob a gestão de Rodrigues.

Durante a conversa, Rodrigues enfatizou a necessidade de procedimentos transparentes e eficazes para combater o crime, sem, contudo, expor desnecessariamente os envolvidos. Ele salientou que a Polícia Federal busca priorizar a qualidade das provas, a autonomia e a responsabilidade em suas investigações, contribuindo assim para o sistema de justiça criminal do país.

Um dos pontos abordados foi a autonomia da instituição. Rodrigues mencionou que a Polícia Federal tem atuado de maneira independente, sem sofrer interferências políticas no governo do presidente Lula. A confiança na instituição, segundo o diretor, permitiu que a equipe tivesse liberdade para escolher seus superintendentes e diretores, garantindo uma gestão eficiente e íntegra.

No âmbito da cooperação internacional, Rodrigues destacou casos de colaboração com autoridades de outros países, respeitando os protocolos legais e formais estabelecidos. Ele ressaltou a importância de seguir a lei e os procedimentos estabelecidos para garantir a legalidade e eficácia das investigações em território nacional e internacional.

O diretor também abordou a importância de conter movimentos perigosos que ameaçam a democracia, enfatizando o papel da Polícia Federal na investigação e depuração desses casos. Ele ressaltou que o objetivo da instituição é buscar a verdade e revelá-la, independentemente do status dos envolvidos, mantendo assim a imparcialidade e o compromisso com a justiça. Assista:

247

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem