Quem foi Alexei Navalny, o opositor de Putin que denunciou a corrupção na Rússia e morreu na prisão

Advogado e ativista anticorrupção, Navalny tinha 47 anos e entrou para a lista de opositores de Vladimir Putin que morreram nos últimos anos

Alexei Navalny, opositor do governo de Vladimir Putin - Imagem: Reprodução

Mais conhecido líder da oposição ao governo de Vladimir Putin na Rússia, Alexei Navalny morreu nesta sexta-feira, aos 47 anos.

Ele estava preso em uma colônia penal em Kharp, a cerca de 1.900 quilômetros a nordeste de Moscou, e "se sentiu mal" após uma caminhada, de acordo com as autoridades russas.

Desse modo, Navalny entra para a lista de opositores de Vladimir Putin que morreram em circunstâncias pouco usuais nos últimos anos.

Lembrando que em agosto de 2020 Navalny foi envenenado e acusou o Kremlin de estar por trás do ataque — alegação que o governo russo nega veementemente.

Quem foi Navalny

Alexei Navalny era uma figura proeminente na política russa, e que ganhou notoriedade pela oposição feroz a Vladimir Putin. Advogado de formação, ele ganhou destaque pela primeira vez ao denunciar corrupção em empresas estatais e entre a elite política russa em um blog.

A transição de Navalny de ativista anticorrupção para líder da oposição política marcou um ponto de inflexão na política russa, desafiando o controle de longa data do Kremlin sobre o discurso político e a sociedade civil.

A trajetória política de Navalny inclui numerosos casos judiciais controversos, que muitos observadores internacionais e apoiadores consideram com motivação política.

Navalny foi condenado por vários crimes financeiros, que ele argumenta serem falsos e uma tentativa do governo de silenciá-lo. Ainda assim, continuou a organizar grandes manifestações contra a corrupção, ganhando apoio popular.

Mas a situação do opositor ganhou os holofotes em agosto de 2020, quando foi internado em estado grave por envenenamento com um agente nervoso do tipo Novichok. O tratamento aconteceu na Alemanha, onde passou vários meses se recuperando.

O incidente atraiu condenação internacional e aumentou as tensões entre a Rússia e o Ocidente.

Após sua recuperação, Navalny surpreendeu ao decidir retornar à Rússia em janeiro de 2021, onde as autoridades o prenderam imediatamente.

A prisão dele desencadeou uma onda de protestos em todo o país, destacando sua influência significativa dentro da sociedade russa e entre a diáspora. Desde então, ele tem enfrentado condições de detenção duras e foi sujeito a julgamentos adicionais que resultaram em mais tempo de prisão.

Vencedor do Oscar

Em 2023, o filme sobre a trajetória de Alexei Navalny ganhou o Oscar de Melhor Documentário. Dirigido por Daniel Roher, o filme tem acesso íntimo próprio ativista e à família e traz detalhes da investigação para desvendar quem estava por trás de seu envenenamento.

*Este texto contou com o auxílio de ferramentas de inteligência artificial e informações da Reuters

No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.

Seu Dinheiro

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem