INSEGURANÇA PÚBLICA - GOVERNO DO CEARÁ

Em meio a conflito de facções, moradores deixam seus lugares de moradia por falta de segurança.

O crime avisa, não, ele determina: BAIXE O VIDRO, TIRA O CAPACETI, MANDO BALA 👆  Imagem: Junior Pentecoste

Sem falar que também existem casos recentes de expulsões de moradores e homicídios nos bairros José Walter, Cais do Porto e Antônio Bezerra.

Na imagem abaixo, policial militar de folga que estava em um estabelecimento comercial localizado na avenida Pasteur no Carlito Pamplona, foi reconhecido como policial e assassinado a tiros na noite desta segunda-feira, duas pessoas que estavam também no comércio, foram baleadas.

Imagem: Redes Sociais

Se a segurança está ruim para o policial, que em tese, tem "preparo técnico" e anda armado, imagine para o simples cidadão que fica exposto a própria sorte. A sensação de insegurança é uma realidade para a população do estado do Ceará.

Vale ressaltar que os números mostram que os assassinatos crescem pelo quarto mês seguido no estado do Ceará. Foram 284 mortos em janeiro, um aumento de 12,69% em relação ao mesmo período registrado em 2023, atualmente estamos com uma média de pouco mais de 9,16 mortes por dia no estado.

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem