Eleições 2024: Ministro do MEC recebe senadora, prefeitos, deputados e lideranças cearenses de olho nas eleições

De olho nas eleições, o ministro petista vem se reunindo com vários políticos do Ceará, o objetivo é reforçar as bases e fazer a articulação política no Interior, conversas que giram em torno do atual cenário político cearense sobre adversários, lideranças, e tratativas para definição de chapas, alianças e apoios.

AGENDA CHEIA DO MINISTRO DO MEC

Boa parte estão nas imagens, outros não. Aqui temos a senadora Augusta Brito; presidente do PT de Ipu, Diego Carlos; prefeito de Jijoca de Jericoacoara; Lindbergh Martins, sua esposa, Milena Martins; vereadora Arlete Mauricéia; a primeira-dama de Jijoca que é pré-candidata a prefeita de Ipu; o atual prefeito de Itapipoca, Felipe Pinheiro; o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Júnior Castro; prefeito de Chorozinho; e o vice-presidente da entidade; o prefeito Juju, de Jaguaribara; o prefeito de Ipaporanga, Amaro Pereira; o de Varjota, Elmo Monte (PSB); o de Santa Quitéria, Lígia Protásio (PP); o prefeito Robert Viana (PSB), de Mulungu; Joãozinho de Titico (PSB), do Cedro; Ronilson Francisco, de Croatá (MDB); Alan Macêdo, de Milhã (PSB); Dra Gorete (PSD), de Itapajé; e Wanderley Nogueira (PT), de Morada Nova; prefeitos Dr. Samuel Werton (Republicanos), de Santana do Cariri; Zé Ailton Brasil (PT), do Crato; o deputado estadual Fernando Santana (PT), pré-candidato a prefeito de Juazeiro do Norte; deputado federal Guimarães; Romeu Aldigueri (PDT); Osmar Baquit (PDT); Agenor Neto (MDB); Júlio César Filho (PT); De Assis (PT); e Jeová Mota (PDT). 

Venho afirmando que ninguém vai trabalhar benefícios e programas para o povo neste ano de 2024, o projeto político do governo federal é só promessas e reforçar as bases nos municípios para pensar em 2026, apenas aquela "maquiagem" e os "acertos" com o Congresso (oposição) para poder continuar pensando em 2026. No próximo ano os políticos devem apresentar alguns benefícios e melhorias em alguns setores e municípios que obtiveram êxito no pleito de 2024, lembrando que 2025 é o ano que antecede as eleições majoritárias, e começa tudo novamente pelo poder, com a base mais sólida.

Competências do MEC e sua política nacional de educação

O Ministério da Educação, é órgão da administração federal direta, que é o responsável pelos assuntos relacionados à educação e cultura em todo o território brasileiro. A principal função deste órgão federal é melhorar a educação e as competências da política nacional de educação; educação infantil; a educação em geral, compreendendo ensino fundamental, ensino médio, educação superior, educação de jovens e adultos, educação profissional e tecnológica, promover ensino de qualidade em todo o país, e, em todos os níveis de ensino. Com isso, realiza as ações contínuas, desenvolve, gerencia, fiscaliza e atualiza as diretrizes nacionais da educação. Exceto o ensino militar.

Não vi atribuição do MEC na questão de articulação política para as eleições em 2024, até porque os políticos dizem que vão buscar benefícios para seus currais eleitorais, e alguns utilizam desta justificativa para poder custear as despesas com viagens na utilização do dinheiro público.

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem