Prefeitura de Fortaleza passa a disponibilizar lista completa do estoque de medicamentos básicos e da saúde mental

Atualização do estoque de medicamentos foi anunciada na entrega da requalificação do posto Argeu Herbster; nova Farmácia Polo também foi entregue.


Grupo de pessoas posa para a foto durante o descerramento da placa. "Hoje, nós entregamos essa unidade para melhorar o atendimento no Bom Jardim, que tem uma necessidade enorme e uma área extremamente densa”, afirmou Sarto. (Foto: Marcos Moura).

A Prefeitura Municipal de Fortaleza segue investindo na saúde da cidade e entregou para a população da Regional V mais um posto de saúde requalificado, nesta segunda-feira (15/01). O posto Argeu Herbster, localizado no bairro Bom Jardim, é a 12º unidade que volta a funcionar das 7h às 19h, atendendo cerca de 35 mil pessoas, que residem no bairro e entorno.

Além da requalificação, a ocasião marcou a entrega de uma nova Farmácia Polo no equipamento e o anúncio da disponibilização da lista completa do estoque de medicamentos básicos e da saúde mental pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza.

Durante a entrega, realizada pelo prefeito Sarto, ele destacou a importância dos equipamentos e inovações para o Bom Jardim. “Essa é a 12ª requalificação que a prefeitura entrega desde abril, com a novidade da implantação da Farmácia Polo, onde temos 137 itens para dispensação, com a disponibilização de 123 deles na atualização do Aplicativo Mais Saúde. Aqui também temos um Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI), que atende crianças promovendo o desenvolvimento cognitivo. Hoje, nós entregamos essa unidade para melhorar o atendimento no Bom Jardim, que tem uma necessidade enorme e uma área extremamente densa”, afirmou.

A unidade conta com cinco equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) e três equipes de saúde bucal. Os usuários têm acesso a consultas médicas e de enfermagem, Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI), atendimento odontológico, exames laboratoriais, prevenção ginecológica e de mama, vacinação, testes rápidos (HIV, sífilis, hepatites, gravidez, covid-19), verificação de pressão arterial e glicemia, realização de pequenos curativos e procedimentos, além de outros serviços.

A reforma contou com a manutenção da cobertura, pintura do prédio, recuperação do corrimão e gradil. Além disso, também foi feita a revisão abrangente das instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias.

Leia também:
Atualização do app Mais Saúde Fortaleza

A partir desta segunda-feira (15/01), a população também poderá consultar a lista completa de medicamentos básicos e de saúde mental oferecidos na rede, além de cinco medicamentos especializados, pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza.

Com a ação, a gestão municipal ampliou a informação do estoque de 54 para 123 medicamentos, dando continuidade ao trabalho de transparência no setor de saúde e auxiliando os usuários a localizarem seu medicamento de forma ágil.

É o que explica Galeno Taumaturgo, titular da Saúde: “Hoje está sendo iniciada a atualização do aplicativo com ampliação da colocação de todos os todos os itens do SUS. Nós disponibilizávamos 54 itens. Hoje nós temos 123, com 81 da farmácia básica, 37 da saúde mental e cinco da farmácia especializada”, explicou.

Pelo aplicativo, o cidadão tem acesso à lista, além da indicação dos locais e quantidades disponíveis.

Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI)

Outro detalhe é que o Núcleo de Desenvolvimento Infantil do Posto Argeu Herbster que passa a se chamar NDI Maria das Graças Inácio Tabosa, em homenagem à agente comunitária de saúde que contribuiu significativamente para a comunidade do Bom Jardim. Maria das Graças, além de atuar na unidade, também realizou trabalho voluntário na Pastoral da Criança, onde produzia em sua própria casa sopão para alimentar a população carente do Parque São Vicente, comunidade próxima ao posto.

O núcleo acompanha o desenvolvimento da criança, desde os primeiros dias de vida, para identificar possíveis problemas de desenvolvimento, prevenir atrasos e potencializar atividades cognitivas, funcionais e posturais, nas crianças de zero a três anos de idade.

João da Silva leva seu filho, Miguel, de dois anos, semanalmente ao NDI Maria das Graças. Ele também frequenta o posto para receber medicamentos, e afirma que a reforma da unidade influi na melhora do serviço. “Faltava muita coisa, como medicamentos, mas com a reforma melhorou bastante. Eu uso medicamento de receita azul e às vezes eu precisava buscar no Conjunto Ceará, era muito longe. De um ano pra cá já estava melhorando, e com a farmácia pólo vai melhorar mais”, contou.

Farmácia Polo

A nova Farmácia Polo será responsável pela entrega de 137 medicamentos, entre básicos, de saúde mental e especializados, conforme a Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (Remume). Ela é a 4ª farmácia entregue pelo prefeito José Sarto, totalizando 19 equipamentos desse perfil para a população.

Para ter acesso aos medicamentos, é preciso apresentar documento de identificação com foto, original ou fotocópia autenticada, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e a prescrição médica vigente.

Só em 2023, entre janeiro e novembro, a Prefeitura de Fortaleza realizou a entrega de cerca de 141 milhões de medicamentos gratuitos à população fortalezense, contabilizando uma média de 130 mil atendimentos por mês.

Investimentos na Saúde

Estão sendo investidos, aproximadamente, R$ 130 milhões em infraestrutura, com o objetivo de garantir mais qualidade e eficiência nos serviços à população, além de proporcionar melhores condições de trabalho aos profissionais da Rede Municipal de Saúde.

As obras estão ocorrendo em diferentes bairros da Capital, conforme o cronograma, e incluem reformas, requalificações, novos equipamentos e serviços. A expectativa é de conclusão até o fim deste ano.

- Construção de 16 novos postos (14 em construção)
- Reforma de 96 postos (13 entregues e 41 em obras)
- Requalificação total de nove postos (seis em execução)
- Reestruturação de seis UPAs gerenciadas pelo Município (intervenções iniciadas)
- Implantação de nove Farmácias Polo (quatro entregues)
- Chamamento de médicos para Atenção Primária à Saúde (91 médicos convocados) + 63 profissionais empossados na Rede de Atenção Psicossocial (Raps)
- Avanços no App Mais Saúde (dois novos serviços implantados)
- Telemedicina (duas fases implantadas)
- Programa Vem Saúde
- Tuk-Tuk dos remédios: seis triciclos elétricos (cada um pode carregar até 500 kg)
- Postos de saúde móveis: seis carretas (duas implantadas)
- Videolaparoscopia na atenção secundária: duas torres no Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns (Hospital da Mulher)
- Consultório na Rua: ampliação para seis equipes
- Primeira Escola de Saúde Pública Municipal: assinatura do decreto que regulamenta a Escola de Saúde Publica de Fortaleza. Atividades iniciada na sede da SMS, até a entrega do prédio
- Lançamento da Gerência de Saúde Bucal
- Mutirão de órteses, próteses e cadeiras de rodas
- Concurso público para área da saúde: Será realizado pela Fundação de Apoio à Gestão Integrada em Saúde de Fortaleza (Fagifor) e contará com vagas de ensino médio e superior. Edital em breve.
- Hospitais totalmente requalificados: dois em obras atualmente (Frotinha de Messejana e Gonzaguinha de Messejana)
- Ampliação das ambulâncias do Samu: sete novas ambulâncias, totalizado 35
- Ampliação de investimentos em tratamentos: Instituto de Câncer do Ceará (ICC) e Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC)
Investimento ICC: R$ 3,6 milhões (período de um ano)
Investimento HUWC: R$ 4,2 milhões (período de dois anos)

Estiveram presentes na entrega os vereadores e suplentes Didi Maravilha, Marcelo Lemos, Didi Mangueira, Marcelo Tchela, Audizio Oliveira, Aguiar Toba, Juninho Aquino, Dayane Costa, Josivan Clube, Nêga do Henrique Jorge e Juscelino Pinheiro, além do secretário Ubiratan Teixeira.

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem