Ex-MDB, Leonardo Araújo aposta em boa relação com Cid no PSB: 'Chega para fortalecer nosso partido'

O atual assessor especial de Assuntos Federais do Ceará se filiou recentemente ao PSB e aguarda a chegada do senador Cid Gomes e de seus aliados

Por Igor Cavalcante, igor.cavalcante@svm.com.br

Leonardo Araújo atua como assessor especial de Assuntos Federais do Ceará. Foto: Ismael Soares

Enquanto a filiação do senador Cid Gomes (PDT) e de seus aliados ao PSB não ocorre, integrantes da sigla socialista aguardam com expectativa o reforço do ex-governador, das dezenas de prefeitos e das centenas de vereadores que devem se juntar à legenda de olho nas eleições do próximo ano.

Em entrevista ao Diário do Nordeste nesta segunda-feira (15), o assessor especial de Assuntos Federais do Ceará, Leonardo Araújo, comentou sobre as conversas que mantém com o hoje pedetista.

VEJA TAMBÉM

O próprio Leonardo Araújo desembarcou há pouco tempo no PSB, após divergência com o líder do MDB no Ceará, o deputado federal Eunício Oliveira (MDB), no fim do ano passado. Além do secretário, outros emedebistas o seguiram, entre eles os gestores de Paramoti, Telvânia Braz; de Pacatuba, Rafael Marques; de Mulungu, Robert Viana; e de Palmácia, David Campos.

“Temos uma atuação que é muito municipalista, acompanhamos passo a passo as demandas dos municípios onde temos alguma influência do ponto de vista participativo, como Pacatuba, Palmácia, Paramoti, Ererê, Madalena, Mulungu, Pacajus e Pacoti (...) E esses prefeitos nos deram a oportunidade de, na nossa saída do partido, nos acompanhar, nos dando o título de liderança partidária deles, nos acompanharam nessas filiações ao PSB, do qual faço parte, e que agora também está recebendo o ex-governador atual senador Cid Gomes”, ressaltou o político, que ponderou que apenas o prefeito de Pacoti, Marcos Nojosa, permanece no PT.

Conforme o ex-emedebista, as tratativas com Cid estão avançadas. 

“Tenho tido uma tratativa direta com o senador Cid, conversamos bastante, não há qualquer atrito nos municípios onde tenho a participação direta com os prefeitos, e vamos nos somar a esses grupos para, ao lado do governador Elmano, do presidente Evandro, do PT do nosso estado, fazer uma diferença para as próxima sessões”, concluiu.

“O senador Cid chega para fortalecer o partido. É um nome, sem dúvida alguma, de extrema relevância no Senado Nacional. É um parceiro de primeira hora do ministro Camilo e do governador Elmano, não existe atrito entre eles do ponto de vista partidário e institucional”

LEONARDO ARAÚJO (PSB)

Assessor especial de Assuntos Federais do Ceará

PLANOS ELEITORAIS

Diante do desembarque de sua base eleitoral no PSB, Leonardo Araújo revelou os planos para o pleito do próximo ano. Ele disse que os prefeitos de Paramoti, Telvânia Braz (PSB); de Ererê, Emanuelle Martins (PSB); de Pacoti, Marcos Nojosa (PT); de Pacatuba, Rafael Marques (PSB); e de Pacajus, Tó de Guiomar (União), irão disputar a reeleição. 

Sônia Oliveira, de Madalena; David Campos (PSB), de Palmácia; e Robert Viana (PSB), de Mulungu, irão indicar um nome para disputar a sucessão, segundo Leonardo Araújo.

Diário do Nordeste

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem