PT Ceará confirma Francisco de Assis Diniz como novo presidente

Prestes a concluir a contagem total de votos do Processo de Eleição Direta 2013 (PED), para a escolha dos novos dirigentes do Partido dos Trabalhadores no Ceará, o Diretório Estadual da legenda reconheceu, nesta segunda-feira (11), a vitória do candidato Francisco de Assis Diniz, com 14.956 votos válidos.

O segundo colocado, Guilherme Sampaio, recebeu 3.554 votos. José Maria Castro, com 1.383 votos, ficou em terceiro lugar e Antônio Ibiapino, tendo 315 votos registrados ficou em quarto, seguido por Eudes Baima, com 194 votos computados.

Segundo o PT –Ceará, foram apurados 21.992 votos (20.402 válidos), em 128 municípios do Estado. Ainda faltam os resultados de 40 municípios do interior, mas os resultados não devem ultrapassar três mil votos.

NOVA DIREÇÃO
Francisco De Assis Diniz nasceu na cidade de Cedro, no Centro Sul cearense. Concluiu o ensino Médio na Escola Técnica Federal do Ceará. Cursou História na Universidade Estadual do Ceará (UECE), especializando-se em Economia do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Também é bacharel em Direito pela Universidade de Fortaleza (Unifor) e está especializando-se em Gestão Pública na UNILAB.

Ainda adolescente, De Assis, como ficou conhecido, trabalhou na Ferragem Aparelhos Elétricos S/A (FAE). Em sua atuação como metalúrgico foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Estado do Ceará e dada a sua grande atuação foi eleito presidente da Federação dos Metalúrgicos do Norte/Nordeste. Além disso, já participou como membro da Executiva da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM).

Participou da Central Única dos Trabalhadores - Ceará (CUT/CE) desde a sua fundação e consolidação, sendo eleito duas vezes presidente da CUT. Sua gestão foi marcada por muitas lutas, conquistas e pelo diálogo permanente com os sindicatos.
Nas ruas, De Assis comandou manifestações históricas em defesa do Banco do Estado do Ceará (BEC), organizou e dirigiu as greves gerais, o ato contra o BID e a ALCA e o Fora Collor. Também esteve à frente de diversas negociações do Grito da Terra Brasil no Ceará. No serviço público, participou ativamente na conquista dos direitos dos servidores municipais e estaduais.

Em 2006, foi nomeado presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), confirmando sua trajetória de luta pelos direitos e garantias dos trabalhadores. Com mais de vinte anos de militância sindical, De Assis, intensificará e estará sempre atuante no processo de defesa dos direitos dos trabalhadores junto com os movimentos sociais.

ELEIÇÕES 2014

O presidente eleito do Diretório Estadual do PT concedeu entrevista ao Ceará News, onde falou sobre os planos de trabalha da nova gestão da legenda.
Acompanhe a matéria no link: De Assis defende política de aliança para fortalecer reeleição de Dilma.

Por: CearáNews


Postagem Anterior Próxima Postagem