Oposição volta a abordar questão fiscal do Estado do Ceará

Cláudio Pinho já havia levado o tema à tribuna da Assembleia na quarta-feira (21). Foto: ALCE

O deputado Cláudio Pinho (PDT) tem insistido no debate sobre as contas públicas do Governo do Estado,  e na manhã desta quinta-feira (22), voltou a tratar sobre as contas da gestão do governador Elmano de Freitas. O assunto já havia sido levado à tribuna da Assembleia Legislativa por ele na quarta-feira (21)  reverberado entre seus colegas de bancada.

De acordo com ele, se comparada com o ano de 2022, a receita do Estado cresceu 5,5%, enquanto que as despesas tiveram um aporte de 15,5%. “Passamos de um superávit total no orçamento de R$ 357 milhões para um déficit de R$ 111 milhões”, apontou.

Para o parlamentar, não há como o Governo manter o equilíbrio fiscal com esses indicadores e que o ideal para o primeiro ano de gestão seria a contenção dos gastos. “Não é o momento para se gastar mais. É um momento de equilíbrio, de organização da máquina, mas vimos um aumento das despesas com pessoal, com terceirizados e a criação de 17 novas secretarias. No começo de Governo, nós precisamos é enxugar a máquina”, destacou.

Ele voltou a lembrar que houve aumento de impostos por parte do Governo, o que gerou “sacrifícios” para a população, enquanto que o mesmo não é feito pelo Poder Executivo para conter os gastos. “A minha preocupação é a de um Estado saudável, com municípios equilibrados financeiramente. Não quero fazer a crítica pela crítica, quero alertar e contribuir para um Ceará cada vez melhor”.

Sargento Reginauro (UB) voltou a corroborar com o colega, lembrando que vem tocando nesse assunto desde o ano passado. “Nós falamos de endividamento desde o ano passado, que essa bola de neve vai explodir em algum momento”, alertou.

Blog Edison Silva

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem