Nota de Repúdio – Atentado a jogadores

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudtor), repudia o ato de violência praticado contra os atletas do Fortaleza Esporte Clube, no Recife, na madrugada desta quinta-feira (22/02), após partida contra o Sport Club do Recife pela Copa do Nordeste 2024.

Diante do ocorrido, o Ministério Público reforça que adotará aos providências cabíveis a fim de que os envolvidos no atentado que sejam devidamente punidos. Ao lado do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE), o órgão acompanhará as investigações para identificação e posterior punição dos responsáveis pelo ato criminoso.

O MP também acionará Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que, no âmbito da Justiça Desportiva, sejam aplicadas punições ao Sport Club do Recife e às torcidas organizadas possivelmente envolvidas no ato de violência. Além disso, o Nudtor estuda a possibilidade de impedir a presença da torcida visitante do clube pernambucano em jogos ocorridos no Estado do Ceará até que os incidentes desta quarta-feira sejam elucidados.

O Ministério Público reforça sua atuação pela paz no futebol e pela garantia de um ambiente seguro para as torcidas e todos os profissionais que atuam no esporte, destacando a necessidade da implantação, por parte do Estado do Ceará e do Município de Fortaleza, da biometria facial nos estádios cearenses, a fim de inibir ações criminosas nas praças esportivas.

Ministério Público do Estado do Ceará

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem