Eleições em Maranguape: reeleição inédita e acordo na oposição ditam cenário da disputa de 2024

A estratégia eleitoral na cidade incorpora atores e dinâmicas das vizinhas da Região Metropolitana, visando reforçar candidaturas aliadas no território

Por Ingrid Campos, ingrid.campos@svm.com.br

PONTOPODER

Há ao menos quatro pré-candidatos à Prefeitura de Maranguape até o momento. Foto: Divulgação/Prefeitura de Maranguape

Cidade serrana da Região Metropolitana de Fortaleza, Maranguape nunca reelegeu prefeito, desde a vigência da regra na política brasileira. Ainda assim, o atual gestor, Átila Câmara (PSB), governa o município pela segunda vez, após amargar um hiato entre 2017 e 2020, quando não conseguiu ser reeleito. A escassez de reeleição direta não acontece por falta de tentativa de quem ocupa a chefia do Executivo. O próprio Átila já é pré-candidato à reeleição em 2024, mas não é o único a tentar um retorno e nem está livre da concorrência de novos nomes na disputa.

George Valentim (União), Lucílvio Girão (PSD) e Samara Cordeiro (PL) são os nomes postos até o momento nesse espectro. O cenário que se desenha indica uma possível aliança entre os dois primeiros no 9º maior eleitorado do Ceará, com mais de 79 mil votantes. 

VEJA TAMBÉM

Crise na Prefeitura de Iguatu expõe articulações eleitorais e busca por apoio do Governo Elmano

Crato: cenário pré-eleitoral tem 8 nomes para sucessão de Zé Ailton e disputa por benção de Elmano

Já Samara – que deve seguir aliados e trocar o PL pelo PRD para o pleito de outubro – conta com o apoio do grupo político liderado pelo prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves (PL), e, sobretudo, do deputado federal Júnior Mano (PL). 

Em partes, observa-se que a estratégia eleitoral em Maranguape é planejada em conjunto na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), visando reforçar candidaturas aliadas no território. 

Cordeiro, por exemplo, é ligada diretamente a lideranças de Maracanaú (Júnior Mano é pré-candidato na cidade) e Eusébio (município governado por Acilon, que deve ser candidato a vereador em Fortaleza, segundo o filho dele, o prefeito de Aquiraz, Bruno Gonçalves). Já George conta com o apoio de Roberto Pessoa (União), prefeito de Maracanaú e pré-candidato à reeleição, enquanto atua como secretário municipal de Educação na cidade do aliado.  

Lucílvio Girão, por sua vez, elegeu seu sobrinho Neto Girão à Câmara Municipal de Maranguape e o filho, Luciano Girão, ao Legislativo de Fortaleza, em 2020, com bom desempenho nas urnas. O primeiro foi vice-líder em votos à época, enquanto o segundo ficou entre os 10 mais votados da Capital. 

OPOSIÇÃO UNIDA?

Com as pré-candidaturas indicadas, o prefeito Átila Câmara deve enfrentar uma oposição unida. George Valentim, Lucílvio Girão e Neto Girão têm cumprido agenda juntos no município e estreitado laços. 

Segundo o vereador, a aproximação não foi obra do acaso e já rendeu um acordo entre os dois postulantes. Consiste em renunciar à disputa como cabeça de chapa em prol da candidatura que se mostrar mais competitiva até outubro. Assim, quem tiver menor desempenho ocuparia a posição de vice na chapa.

A relação com o PSD é enfatizada por George, que adianta que “mais na frente, deverá ter uma definição com o deputado estadual Lucílvio Girão”, confirmado como pré-candidato a prefeito recentemente. O parlamentar foi procurado pela reportagem, mas não houve retorno.

Estamos buscando as parcerias do deputado estadual Lucílvio Girão, da deputada federal Fernanda Pessoa, do deputado estadual Firmo Camurça. Vamos seguir a orientação do nosso líder político, o atual prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, que é um aliado do governo federal e vem tanto conversando com a base de sustentação do governo Lula, em Brasília, como uma conversa pessoal e direta com o governador Elmano de Freitas, para articular toda essa composição eleitoral de Maranguape em 2024. Ouviremos com bastante atenção as orientações do prefeito Roberto Pessoa

GEORGE VALENTIM (UNIÃO)

Pré-candidato à Prefeitura

Vale destacar que o cenário é desafiador, já que tanto o União Brasil comporta figuras com posições muito distintas em relação à cúpula do PT quanto o atual prefeito Átila Câmara também reivindica esse apoio. A filiação ao PSB, em agosto do ano passado – ele foi eleito pelo Solidariedade, em 2020 –, indica essa aproximação. Isso porque a sigla socialista é coordenada por Eudoro Santana, pai do ministro Camilo Santana (PT).

Questionado sobre essa incerteza, George disse: “creio que essa é a realidade em várias cidades do Estado. Não vejo problemas”. De fato, é. A benção de lideranças estaduais e nacionais é disputada por todo o Ceará. Há casos emblemáticos em Iguatu, Aracati, Alto Santo, entre outros.

Da parte do grupo de Acilon Gonçalves, já houve conversa com as demais figuras de oposição em Maranguape, como indica um registro feito pelo gestor em abril do ano passado pelas redes sociais. Na ocasião, ainda como presidente do partido, ele encontrou amigos e lideranças políticas. “Nossa pauta da conversa? Política, claro!”, disse na postagem.

Em contato com o Diário do Nordeste, correligionários não detalharam como está a relação com os outros pré-candidatos do mesmo espectro. Junior Mano, por exemplo, resumiu o planejamento eleitoral informando que Samara está trabalhando para fortalecer o seu nome, visitando populares e “mostrando que Maranguape merece uma renovação de fato”. 

“A questão da vice ainda é conversada com outros grupos políticos, o que será definido mais à frente”, completou o deputado federal.

A própria Samara também preferiu ressaltar seu currículo e cutucar a gestão de Átila Câmara a especificar as tratativas em torno de seu nome. 

“O nome dela é o que mais ganha força e preocupa a atual gestão, visto o carisma, o compromisso e o sangue novo de uma mulher forte e compromissada com o povo se colocou à disposição”, disse a pré-candidata por meio de nota da assessoria.

“O diálogo com partidos aliados é em excelentes campos, sempre trabalhando no que é mais correto para a construção de um novo tempo para Maranguape”, completou.

Mas ainda segundo Neto Girão, o diálogo com o grupo permanece, podendo ter desdobramentos mais adiante. Por ora, o acordo é certo apenas com o União Brasil.

“Tivemos algumas conversas prévias com o Jardel Cordeiro, que é o irmão da pré-candidata da Samara, com quem a gente faz todas as tratativas e a caminhada também, e a gente ficou de mais na frente também se conversar”, explica o vereador.

Lembrando que todo agente público (com exceção de parlamentares e chefes do Executivo) deve se desincompatibilizar das funções nos órgãos públicos para poder concorrer às eleições. 

O mecanismo serve para evitar que os candidatos utilizem-se dos cargos para benefício próprio no pleito. Dessa forma, Samara e George devem renunciar aos seus postos nas prefeituras de Eusébio e de Maracanaú até 5 de junho para estarem aptos para a disputa.

ÁTILA REFORÇA ALIANÇAS

Enquanto isso, o prefeito toca a sua pré-campanha em diálogo com sete partidos. Aliás, Maranguape pode ser um dos municípios cearenses em que a relação PDT e PT, desfeita em 2022 ao nível de Estado, pode ser revivida em uma chapa.

Pelo menos é isso que o presidente nacional do PDT, deputado André Figueiredo, pleiteia. Em 2020, o partido entrou na disputa com o então prefeito João Paulo Xerez, mas foi derrotado por Átila.

“O presidente lá (do PDT municipal) é o vereador Afonso Cordeiro Neto, que inclusive foi o vereador mais votado, já foi vice-prefeito. É um nome sempre colocado num diálogo com o atual prefeito Átila Câmara para ser o vice. Então, nós estamos dialogando com o Átila, mas queremos indicar o nome do Afonso como pré-candidato a vice”, disse o dirigente.

Ao Diário do Nordeste, Câmara afirmou que tem uma boa relação com o atual vice-prefeito, Gurgel Neto, e que o espaço secundário na chapa ainda é discutido. 

“A gente está construindo esse consenso entre os partidos. Eu acredito que, até o mês de maio, a gente deva estar com a chapa pronta para poder trabalhar para a campanha na hora certa”, informou.

O gestor ainda ressaltou que conta com o apoio de lideranças como o governador Elmano de Freitas (PT), o ministro Camilo Santana (PT) e, agora, o senador Cid Gomes (PSB) nas eleições, confrontando a versão de George Valentim. Para ele, a busca do adversário pelas bençãos da cúpula petista é “legítima”, mas não encontra tanta força quanto o seu nome para isso. 

Acho legítimo, todos têm o direito de tentar o apoio. No entanto, o ex-prefeito George esteve com o Capitão Wagner (União) na eleição de 2022, e o governador Elmano tem deixado claro que vai estar na eleição com aquelas pessoas que confiaram nele desde o início do processo. Lá em Maranguape, quem conduziu a campanha do Elmano fomos nós. Essa aliança está firmada e eu tenho bastante tranquilidade em relação a isso

ÁTILA CÂMARA (PSB)

Prefeito de Maranguape

QUEM SÃO OS PRÉ-CANDIDATOS EM MARANGUAPE?

  • Átila Câmara (PSB): atual prefeito de Maranguape, já governou o município entre 2013 e 2016, mas não conseguiu se reeleger à época. Concorreu à Prefeitura novamente em 2020, logrando vitória pelo Solidariedade. É filho do ex-prefeito Pedro Câmara. 
  • George Valentim (União): foi prefeito de Maranguape entre 2009 e 2012, ano em que até tentou, mas não conseguiu a reeleição. Atualmente, é titular da Secretaria de Educação de Maracanaú, município administrado por Roberto Pessoa (União).
  • Lucílvio Girão (PSD): deputado estadual no sexto mandato. Foi vereador de Fortaleza por três mandatos. Também administrou unidades médicas em Acaraú e na capital cearense.
  • Samara Cordeiro (PL): geriu a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) de Maranguape entre 2017 e 2020, com João Paulo Xerez à frente da Prefeitura. Em 2020, uniu-se ao então prefeito em uma chapa e concorreu a vice-prefeita pelo PL. Hoje, é titular da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) de Eusébio, governada por Acilon Gonçalves (PL).

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem