Biden xinga Putin durante discurso nos Estados Unidos

Em outras ocasiões, líder americano já chamou presidente russo de 'açougueiro' e 'criminoso de guerra'; em resposta, Kremlim disse que ofensa é tentativa de parecer 'cowboy de Hollywood'

Por AFP com O GLOBO — Washington

Joe Biden, presidente dos EUA, chamou seu provável rival na corrida presidencial americana de 'FDP' — Foto: Jim Watson/AFP

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou seu homólogo russo, Vladimir Putin, de “filho da puta maluco” em um evento de arrecadação de fundos na Califórnia nesta quarta-feira. Em inglês, o líder americano usou as três letras “SOB”, abreviatura de “son of a bitch”, insulto que pode ser traduzido para o português como “filho da puta”.

— Temos um FDP maluco como aquele Putin, e outros, e sempre temos que nos preocupar com o conflito nuclear, mas a ameaça existencial à humanidade é o clima — disse Biden em breve discurso no evento, que contou com a presença de um grupo de jornalistas.

Em resposta nesta quinta, Putin ironizou, afirmando que Biden usou a expressão de baixo calão simplesmente porque não poderia dizer "Bom trabalho, Volodya, obrigada por me ajudar". O líder russo relembrou uma declaração feita por ele na semana passada, de que Biden era o "preferível" à Casa Branca por Moscou, dizendo que "a julgar pelo que ele acabou de dizer, estou absolutamente certo, porque é uma reação apropriada à minha declaração", pontuou, segundo as agências russas.

Mais cedo, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que a ofensa é "provavelmente algum tipo de tentativa de se parecer com um cowboy de Hollywood".

— Mas, sinceramente, não acho que isso seja possível — falou à agência Reuters.

— É improvável que o uso desse tipo de linguagem contra o chefe de outro Estado pelo presidente dos Estados Unidos afete nosso presidente, Putin. Mas isso rebaixa aqueles que usam esse tipo de vocabulário (...) Putin já usou alguma palavra grosseira para se dirigir a vocês? Isso nunca aconteceu. Portanto, acho que esse vocabulário rebaixa a própria América — continuou.

O uso de uma linguagem mais dura por parte do presidente americano para se referir a Putin não é inédita: em outras ocasiões, Biden chamou o líder russo, que ordenou a invasão à Ucrânia em 2022, de “açougueiro” e “criminoso de guerra”.

Em um deslize, quando não sabia que o microfone estava aberto, em janeiro de 2022, o presidente americano também já chamou um jornalista da Fox News, emissora de TV dos EUA, de “filho da puta”.

Nesta semana, Biden disse ainda que os Estados Unidos vão anunciar, na sexta-feira, um novo pacote de sanções contra a Rússia após a morte do líder da oposição Alexei Navalny, que faleceu numa prisão russa, no Ártico, na semana passada.

O Globo

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem