Prefeito Sarto lança o maior concurso público para área da saúde de Fortaleza

O certame, realizado pela Fundação de Apoio à Gestão Integrada em Saúde de Fortaleza (Fagifor), terá como banca organizadora o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC)


"Nesse concurso da Saúde, serão profissionais CLT, com todos os benefícios trabalhistas garantidos, entre férias, fundo de garantia e estabilidade”, afirmou Sarto (Foto: Beatriz Boblitz)

O prefeito José Sarto, lançou, nesta terça-feira (23/01), em cerimônia no Paço Municipal, o edital 01/2024 para concurso público com 2.241 destinadas à área da saúde. O certame para empregos públicos contemplará os níveis superior, médio e técnico, onde os aprovados irão atuar na Rede Municipal de Saúde.
Durante a apresentação, Sarto destacou a importância do concurso, que tem convocação prevista este ano e que vai além do benefício à saúde da cidade, garantindo mais direitos aos trabalhadores que se tornarão servidores públicos, juntamente a outros concursados de seleções públicas realizadas durante a gestão.

“Será o maior concurso para a saúde pública de Fortaleza. Já fizemos concursos da Educação, da Guarda Municipal, da Sefin, e vamos lançar em breve o concurso do Iplanfor. Juntando todas essas áreas nós vamos convocar, até o fim do ano, mais de 5 mil profissionais. É a gestão que mais realizou concursos até agora. Nesse concurso da Saúde, serão profissionais CLT, com todos os benefícios trabalhistas garantidos, entre férias, fundo de garantia e estabilidade”, afirmou ele.

O concurso será realizado pela Fundação de Apoio à Gestão Integrada em Saúde de Fortaleza (Fagifor) e terá como banca organizadora o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), que ficará responsável pela prestação de todos os serviços técnicos e operacionais para a aplicação das provas. O órgão possui experiência na aplicação de provas de grandes concursos por todo o país.

Inscrições

As inscrições serão realizadas no site oficial da IBFC, entre os dias 05 de fevereiro e 05 de março. O valor para a inscrição será de R$ 90 para nível médio e técnico, R$ 120 para superior assistencial e R$ 180 para superior médico. O edital contempla a isenção destes valores para casos específicos que se enquadram nas exigências do certame.

A previsão é que as provas sejam aplicadas dia 14 de abril deste ano.
Vagas

As 2.241 vagas do certame estão vagas distribuídas entre:

Assistente Social (42)
Auxiliar de Farmácia (38)
Auxiliar de prótese dentária (1)
Auxiliar de saúde bucal (45)
Cirurgião-dentista (15)
Condutor socorrista (41)
Educador físico (8)
Enfermeiro (450)
Engenheiro clínico (1)
Engenheiro de segurança do trabalho (1)
Farmacêutico (46)
Fisioterapeuta (44)
Fonoaudiólogo (5)
Médico (406)
Médico veterinário (13)
Nutricionista (6)
Psicólogo (15)
Técnico em análises clínicas (31)
Técnico em enfermagem (950)
Técnico em equipamentos biomédicos (1)
Técnico em imobilizações ortopédicas (8)
Técnico em massoterapia (11)
Técnico em prótese dentária (1)
Técnico em radiologia (46)
Técnico em segurança do trabalho (3)
Terapeuta ocupacional (13)

Dessas, 5% serão destinadas aos candidatos na condição de pessoa com deficiência e 20% para os candidatos negros.

As vagas para médicos contemplam especialistas como cirurgiões gerais, cirurgiões vasculares, ginecologistas, obstetras, psiquiatras, infectologistas, neonatologistas, neuropediatras, ortopedistas, traumatologistas, pediatras e socorristas, divididos entre atenção primária e secundária.

Para a determinação do número de vagas por especialidade, foi feito um planejamento estratégico entre a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e a Fagifor. A presidente da Fundação, Aline Gouveia, detalhou o processo.

“Nós fomos acionados pela SMS, e no decorrer do ano passado foi feito um estudo minucioso na atenção primária, secundária e terciária, o que nos fez chegar ao número de 2.241 vagas. São números expressivos: teremos quase mil vagas para técnicos de enfermagem, mais de 400 vagas para médicos e 450 para enfermeiros, além das outras áreas contempladas”, comentou.

Os aprovados serão empregados públicos e regidos pela CLT Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com salários que vão de R$1.065 a R$18.564. Os empregados públicos irão compor o quadro permanente da Fagifor e irão preencher as vagas dos contratos temporários, à medida que se encerrarem, além de suprir as necessidades da rede. É o que explica Galeno Taumaturgo, titular da Saúde.

“O concurso é amplo e todos os setores serão contemplados de acordo com a necessidade. No primeiro momento, a maior demanda vai contemplar o Frotinha de Messejana, que será reaberto em breve, substituindo os vínculos temporários à medida que forem se encerrando. Isso será feito de forma gradual, bem planejada”, explicou.

Fundação de Apoio à Gestão Integrada em Saúde de Fortaleza (Fagifor)

A Fundação de Apoio à Gestão Integrada em Saúde de Fortaleza (Fagifor) foi instituída pela Lei Complementar n° 0178 visando favorecer a modernização da governança da área da saúde. Sua operacionalização objetiva dar celeridade às demandas potencializadas com o surgimento da pandemia.

O órgão será responsável pela gestão hospitalar e pré-hospitalar, qualificando sua capacidade de atendimento. Além disso, executará ações e serviços em todos os níveis da saúde pública, como Atenção Primária, urgência e emergência, apoio diagnóstico e educação continuada.

Estiveram presentes no anúncio os vereadores e suplentes Gardel Rolim, Ana Aracapé, Emanuel Acrízio, Moura Taxista, Professor Enilson, Carlos Mesquita, Germano He-Man, Paulo Martins, Veríssimo Freitas, Michel Linz, Luciano Girão, Didi Mangueira, Dayane Costa, Robio Jumento, Célia do Martins, Eulógio Neto, Aguiar Toba, Davi Uchôa, Audizio Oliveira e Nêga do Henrique Jorge. Também participaram os secretários Ésio Feitosa, Carmen Cavalcante, Elpidio Moreira, Teka Lenz, Josué Lima, Isaac Andrade, Kamyla Castro, Ferrucio Feitosa, Fábio Rubens, Pedro França, Ubiratan Teixeira, Raimundo Matos e Elpidio Nogueira, além do vice-prefeito Élcio Batista.

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem