Fortaleza recicla 7,5 toneladas de resíduos nos três dias de Réveillon e gera R$ 20 mil de renda para os catadores

A operação foi realizada pelo projeto Re-ciclo, coordenado pela Citinova em parceria com a SCSP e com a Ecofor 

A estrutura do Réveillon contou com pontos de entrega voluntária ao longo do aterro e duas centrais do Re-ciclo, com separação e pesagem dos recicláveis

Fortaleza coletou, nos três dias de festa do Réveillon, 7,5 toneladas de resíduos recicláveis que geraram cerca de R$ 20 mil para os catadores credenciados. A operação foi de responsabilidade do Re-ciclo, que é o projeto gratuito de coleta seletiva da cidade, coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova) em parceria com a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e a Ecofor.

"Mais uma vez tivemos a operação do Re-ciclo no Réveillon de Fortaleza, que foi um pedido do prefeito Sarto de termos o Réveillon mais sustentável do Brasil. Nós alcançamos excelentes resultados este ano: coletamos 7,5 toneladas de recicláveis e todo esse resíduo gerou aproximadamente R$ 20 mil em renda para os catadores e suas associações. Isso dá uma média de R$ 620 por catador e mostra o espírito do projeto na prática, que além de contribuir com o meio ambiente, de tirar esse resíduo que iria para o aterro, vai para o destino correto, vai ser reciclado e gera renda para quem mais precisa, que são os nossos catadores", afirma Victor Macêdo, vice-presidente da Citinova.

A estrutura do Réveillon contou com pontos de entrega voluntária ao longo do aterro e duas centrais do Re-ciclo, com separação e pesagem dos recicláveis. Todo o material foi transportado pela Ecofor e todos os catadores das associações credenciadas (Machado de Assis, Ascarosa, Viva Vida, Mulheres Luta em Cena, Rosa Virgínia e Acores) receberam uniformes e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

No Réveillon do ano passado, foram coletadas oito toneladas.

Re-ciclo

O Re-ciclo é um programa gratuito de coleta seletiva em Fortaleza que conta com um sistema inovador de coleta porta a porta e agendamentos realizados por meio de uma plataforma online. É fruto da premiação que Fortaleza recebeu do Desafio Global de Mobilidade Urbana 2019, organizado pela Transformative Urban Mobility Initiative (TUMI), e nasceu da parceria entre a Agência Alemã de Cooperação (GIZ) e o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). Criado pelo Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor), é coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova) e conta com parceria da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e da Ecofor.

O projeto atua hoje em parceria com associações locais, com aproximadamente 30 associados, que fazem a coleta de resíduos de 12 bairros da cidade. Desde o início das operações, em setembro de 2022, o Re-ciclo já coletou mais de 500 toneladas de materiais recicláveis e gerou aproximadamente 461 mil em renda para as associações.

Prefeitura de Fortaleza

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem