André Figueiredo publica foto com ex-prefeito Gerardo Arruda e sinaliza pré-candidatura em Caucaia

Até o momento, a segunda maior cidade da Região Metropolitana de Fortaleza tem pré-candidaturas do União Brasil, do PL, do PSDB e do PSD

Por Ingrid Campos, ingrid.campos@svm.com.br 

PONTOPODER

Encontro foi compartilhado nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram

Com as atenções voltadas para si neste momento, Caucaia pode ganhar uma nova pré-candidatura para outubro. Trata-se de um veterano, o ex-prefeito Gerardo Arruda, que tem se aproximado do PDT. Nesta quarta-feira (10), o ex-gestor se reuniu com o presidente nacional pedetista, André Figueiredo, e o presidente do diretório de Fortaleza, Roberto Cláudio, que estão guiando as tratativas pelo Estado neste novo capítulo do partido.

O encontro foi compartilhado nas redes sociais. “Na pauta, o futuro de Caucaia, o segundo maior município do Estado e consequentemente um dos mais importantes para o turismo e economia do Ceará”, disse Figueiredo.

VEJA TAMBÉM

“Temos trabalhado bastante pela melhoria da qualidade de vida do povo cearense acompanhando todos os cenários, município a município, reconhecendo a importância de um olhar especial pelo povo caucaiense. Vamos caminhar juntos por uma Caucaia mais justa e próspera para todos”, completou.

Em contato com o Diário do Nordeste, o dirigente se limitou a dizer o seguinte sobre a relação com Arruda: “Estamos analisando a possibilidade (de candidatura). É um nome respeitável, sem dúvida alguma”.

Em 2020, Gerardo Arruda chegou a concorrer à Prefeitura pelo MDB, mas retirou o seu nome da disputa para apoiar o então prefeito Naumi Amorim (PSD), que recebia apoio do PDT e foi derrotado por Vitor Valim. 

DISPUTA EM CAUCAIA

Até o momento, a segunda maior cidade da Região Metropolitana de Fortaleza tem pré-candidaturas do União Brasil, do PL, do PSDB e do PSD, todos da oposição.

O atual prefeito, Vitor Valim (PSB), anunciou, nesta semana, que não disputará a reeleição, embaralhando as dinâmicas no bloco governista.

Recentemente, em movimento estratégico que parecia de olho nas eleições deste ano, Valim se filiou ao PSB, sigla atualmente comandada por Eudoro Santana, pai do ministro da Educação.

Agora, caberá a dois petistas definir o candidato a suceder o mandatário municipal: o ministro da Educação, Camilo Santana, e o governador do Estado, Elmano de Freitas. O PT Caucaia defende candidatura própria, mas os nomes ventilados até aqui podem vir de outras siglas, a exemplo de Lia Gomes, deputada que deve deixar o PDT para o PSB.

Diário do Nordeste

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem