'Nenhuma guerra tem a honestidade de confessar: — Eu mato para roubar'

Depoimento de nosso autor mais latino-americano

Por Antonio Mello

📷: Mariela De Marchi Moyano from Vicenza, Italy, CC BY-SA 2.0

Roubar as terras, roubar o petróleo, roubar os minérios. Roubar. Sob as mais diversas máscaras, as justificativas mais declaradamente virtuosas ou ridículas, a verdade última se esconde: o objetivo das guerras é roubar.

São palavras do escritor uruguaio Eduardo Galeano

.

Conheça livros do Antonio Mello

Leia mais postagens e crônicas de Antonio Mello na Fórum

PIX para o autor: blogdomello@gmail.com

Via Revista Fórum

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem