'Não acho razoável que eles tenham também a Prefeitura de Fortaleza', diz Cid sobre o PT

Senador rebateu ainda críticas de que estaria tentando transformar o PDT em ‘puxadinho’ do PT

Por Luana Barros / PONTOPODER

Legenda: O senador Cid Gomes disse que não acha "bom para a democracia" caso PT tenha também a Prefeitura de Fortaleza. 📷: Ismael Soares

O senador Cid Gomes (PDT) fez defesa de uma composição entre PT e PDT para a disputa pela Prefeitura de Fortaleza que ele mesmo chamou de "utopia". "Que eu defendo, na minha utopia, é que o PT apoie um candidato do PDT para prefeito", disse.

A declaração ocorreu na última sexta-feira (20), durante entrevista à live PontoPoder. Entre outros motivos, o senador destacou que "não é bom para democracia" que o PT esteja no comando dos três Executivos — federal, estadual e municipal. 

"O PT tem a presidência da República, tem o Governo do Estado, eu não acho razoável que eles tenham também a Prefeitura de Fortaleza — ou ganhem, porque eles não têm a Prefeitura de Fortaleza — e fique com todos os três poderes. Não é bom para a democracia". - CID GOMES – Senador e presidente do PDT Ceará

Durante a fala, o senador fez questão de enfatizar que a defesa do apoio petista a uma candidatura do PDT é também uma forma de evitar que apareçam "aventureiros para dizer que o Cid quer fazer do PDT um puxadinho do PT. Nada disso", garantiu.

 

A ideia de que a ala ligada a Cid Gomes no PDT e o próprio senador desejam transformar o partido em um "puxadinho" do PT no Ceará foi dita, em mais de uma ocasião, por pedetistas aliados ao presidente nacional interino do partido, André Figueiredo (PDT), ao ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT) e ao ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

 

Na última segunda-feira (16), o próprio Figueiredo citou os cidistas como sendo "alguns que tinham traído o partido ano passado e que agora querem tomá-lo para entregar nas mãos de quem está no governo".

O senador, no entanto, rebate os argumentos. "O que eu quero é restabelecer uma relação, é uma relação que tem sido responsável por um projeto, que a meu juízo, tem feito bem ao Ceará. O PT é parte disso", diz.

"Você acha que tenho cara, com as oportunidades que os cearenses já me deram, de me dedicar a fazer um puxadinho do PT? Isso não é meu perfil. (...) . Se eu tivesse qualquer identidade com o PT, eu me filiaria ao PT. Mas eu não tenho identidade com o PT. Já estive em muitos partidos, me posiciono ideologicamente na linha de centro esquerda e o PT está nessa linha de centro-esquerda. Mas o PT tem uma prática intrapartidária que não é o que defendo, não é o que acredito". - CID GOMES – Senador e presidente do PDT Ceará

Apesar de ressaltar a falta de identidade com a legenda petista, Cid elogiou o PT e disse que a "talvez seja o partido mais democrático que existe". "Lá não tem dono não, como alguns partidos e algumas pessoas querem ser dos seus partidos", alfinetou. 

Na sequência, ele voltou a falar sobre o impasse vivido dentro do partido, com a queda de braço constante entre ele e André Figueiredo pelo comando da sigla no Ceará. "Tem gente que está na presidência de um partido há 20 anos. É razoável, não tem problema nenhum. Mas contra a vontade da maioria? Que democracia é essa? Não se trata de fazer puxadinho, se trata de ouvir e representar", ressaltou.

Diário do Nordeste

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem