Programa Voa Brasil disponibilizará passagens aéreas por R$ 200 a partir de agosto

A ideia é que seja lançado um site e um aplicativo do Voa Brasil, por onde será possível acessar e selecionar os trechos

Mariana Lemos Brasil de Fato

📷 Reprodução

O Ministério dos Portos e Aeroportos anunciou na última semana que o novo programa Voa Brasil vai oferecer passagens aéreas pelo preço fixo de R$ 200 por trecho a partir de agosto deste ano.

Nos primeiros meses, a compra das passagens pelo programa será liberada apenas para aposentados e pensionistas do INSS que não voaram nos últimos 12 meses.

A ideia é que seja lançado um site e um aplicativo do Voa Brasil, por onde será possível acessar e selecionar os trechos disponíveis. As companhias aéreas que participarão do programa são a Latam, Azul e Gol.

Cada pessoa beneficiária poderá comprar até quatro passagens aéreas por ano. Os trechos deverão ser mais disponibilizados nos períodos chamados "ociosos", como em de fevereiro a junho e de agosto a novembro. Geralmente nestes meses de baixa temporada ocorre uma ociosidade de 21%, em média, nos voos domésticos.

De acordo com o ministro Márcio França, o programa deve chegar a sua capacidade máxima em um ano, ou seja, em agosto do ano que vêm. A estimativa é de que neste momento estejam sendo ofertadas 1,5 milhão de passagens por mês. "Esse programa não tem recursos públicos. Estamos usando apenas os assentos vazios das empresas", afirma.

Ainda segundo França, com a implementação do Programa, a expectativa é que aumente o número de voos no país, especialmente para áreas de baixa procura.

Além disso, o governo está estudando a possibilidade de parcerias que viabilizem cashbacks, tendo em vista desonerar o passageiro de uma parte da taxa de embarque para que este valor possa ser usado em consumos dentro do aeroporto ou no deslocamento até acessar o voo.

Edição: Nicolau Soares/Brasil de Fato

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem