A lei do retorno

Eu sempre amanheço agradecendo a Deus por mais um dia de sobrevivência, e que somos obrigados a lutar diante de um governo negacionista que tem um “presidente” perseguidor, implicante, do contra, e metido a saber do que não sabe.

Tempo gostoso, nublado, que venham as chuvas no Nordeste, e que possa molhar a terra no nosso sertão severamente castigado pela seca, e possa aliviar a situação do agricultor que vive preso nas políticas públicas voltadas ao grande capital, e não são benefícios para o próprio homem do campo.


Falando em chuva, minha residência é uma boa casa, localização privilegiada aqui em Fortaleza, e no período chuvoso amanheço de certa forma aborrecido com uns gatos que andam no telhado, e consequentemente quebrando as telhas, apesar da minha casa ser forrada, e a água da chuva se transforma em pequenas goteiras, incrivelmente transpassa o forro, e fica aquele leve pinga-pinga dentro de dois compartimentos da casa, lembrei daquele ditado que diz; "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura", é verdade, rsrsrs. Ah, os gatos são da minha vizinha, uma tia chata, negacionista e de extrema-direita. E e ela nunca temos paz, não sei porque...

Aqui na Capital Alencarina, percebemos o verdadeiro caos que pequenas chuvas ocasionam em nossas ruas e avenidas, não é diferente da situação crítica de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, e outras grandes Cidades quando chove por lá, e que presenciamos isso pela TV. Infelizmente a infraestrutura de Fortaleza deixa a desejar, o objetivo é projetar a estética e o embelezamento de determinadas áreas e bairros nobres, não existe um projeto efetivo de estrutura para aguentar meia hora de chuvas na parte urbana, acho que esses serviços não são executados ou elaborados, porque é um tipo de obra que quando está pronta não aparece aos olhos do eleitor, do cidadão, do abestado..., são obras que necessariamente não trazem votos, saneamento básico é algo também que muitos prefeitos não gostam de por em execução, porque além de gastar muito, fica enterrado, então é preferível fazer aquela velha “maquiagem”, e o dono do dinheiro que somos nós, que pagamos o imposto, o salário do politiqueiro, sofremos na pele as dificuldades, e a escassez de verdadeiras políticas públicas.

Além de amanhecer chateado com os gatos da minha vizinha, tomei café incrédulo, com a cara de pau do “Messias”, aquele que é o "presidente", o cara teve a petulância de dizer que ficou surpreso com a Nota da Anvisa (que a nota é agressiva), assinada pelo presidente da Instituição, o contra-almirante Antônio Barra Tores. E esse “Messias” não põe a mão, ou o pé na sua consciência, e vê o quanto ele já foi, e é agressivo com a imprensa, com os jornalistas, com os meios de comunicação, com as instituições, agressivo com a Constituição, agressivo com os familiares dos mortos por covid, agressivo com a população, agressivo com as Leis, com o judiciário, agressivo com o vento..., até com o próprio organismo é agressivo, pois até m... reclama para sair.

Esse falso “Messias” desdenha da vida humana, isso não me deixa surpreso, pois ele apoia a tortura.

O “Messias” que é agressivo, insinuou corrupção e, supostas ‘segundas intenções’ da Anvisa na vacinação de crianças contra a Covid, e não quer receber uma crítica, uma resposta, um pedido de retratação. Só ele que pode agredir?

Existe a Lei do retorno..., é aquela que se mostra como a ideia de que cada ação que fazemos gera uma reviravolta a nós mesmos. Em suma, se acredita que existe um mecanismo compensatório para equilibrar nossas ações em sociedade e no universo. Se somos pessoas boas, teremos coisas boas, mas o contrário também é válido.

Esse “Messias” parece que foi mimado quando criança, e agora vem com um mimimi que ele mesmo criticou não muito longe, está procurando suas artimanhas, sendo mais uma estratégia para tentar momentaneamente ocultar a sua péssima popularidade, que a cada dia está caindo mais que a sola do meu sapato. Arrumando intrigas e problemas com as instituições, é a forma sorrateira que acha para fugir as responsabilidades com o país, com a economia de juros altos, com a pandemia que ainda continua, com a inflação descontrolada, faz isso para tirar de tempo, e tentar sensibilizar os incautos que ainda acreditam que ele é a própria vítima.

Todos sabemos o quanto esse “Messias” é contra a vacina, desde o início desta pandemia assistimos o quanto negou e prejudicou a compra das vacinas, agora vem com a questão de desestimular a vacinação em crianças, e fica atacando uma instituição que tem conhecimento técnico, e amparo legal para tal decisão.

Está começando o tempo da colheita, quem planta coisa boa, logicamente vai colher bons frutos, e o contrário também é válido, em suma, todos colhem aquilo que plantam, a realidade é que volta, tudo aquilo que é jogado ao mundo, aos quatro cantos, vivemos em um governo que caminha com a fome, com a miséria, uma inflação quase sem controle, humanos roendo ossos catados em caminhão de lixo, não há caminho certo em um país, onde um gestor desdenha da vida humana, um "Messias" que questionou e ignorou a vacina por meses, ainda questionando por pura maldade, essa sua teimosia contribuiu para a morte de milhares de brasileiros que não tiveram a oportunidade de se imunizar.

As crianças desde o momento de seu nascimento, até a idade da pré-adolescência, chegam a tomar em média 15 tipos de vacinas para vários tipos de doenças, nunca nenhum presidente, ninguém da saúde, ou da Anvisa, Ministério da Saúde, ninguém cogitou nada, e essas crianças continuam a viver, sai geração, entra outra, e segue a vida com as crianças nascendo, tomando as primeiras vacinas e tantas outras que sejam preciso. Agora o "Messias" implicou com as vacinas contra a covid para todas as crianças.

Esse falso "Messias" é um ignorante, maldoso, perverso.

Bolsonaro está começando a provar da Lei do Retorno, saúde debilitada (escondendo algo grave), popularidade em queda, o Exército que ele dizia ser seu, determinou a vacinação e o passaporte de vacina em todos os militares ("Messias" está inconformado, mas fica caladinho), a Anvisa determinou a vacinação em crianças, coisa que ele não quer, e olha que nem estou falando do Bolsolão, que comprou a eleição de Arthur Lira (homem forte do Centrão) na Câmara dos Deputados, informações do deputado bolsonarista Delegado Waldir. Muita coisa vai começas a mudar, suas ordens serão questionadas, peitadas, desobedecidas, ele apenas está começando a colher, o que apenas semeou, e vai colher muito mais.

Esse "Messias" precisa respeitar a dor alheia, das pessoas que sofrem, e deveria procurar governar o país com seriedade, competência e empatia.

Quando dezenas de pessoas morriam na Bahia, e outras desabrigadas, sem teto, sem alimento, sem familiares, sem destino, vítimas dessas enchentes, esse "Messias" não teve sequer o escrúpulo para evitar que a sua assessoria divulgasse seus vídeos dançando funk, ou desfilando em jet-ski, como se essa tragédia não estivesse acontecendo no Brasil, ou fosse insignificante ao ponto de atrapalhar as suas férias.

A Lei do Retorno vem para esse "Messias", e nada tem a ver com Deus vai castigar, Deus não castiga, Deus é amor, Deus é fraternidade, Deus é Misericórdia, Deus é perdão, Deus deu a inteligência e o discernimento para que o homem fizesse as suas escolhas, para trilhar no caminho do bem ou do mal. Esse "Messias" espalha espinhos no caminho que segue, mal sabe ele, que poderá retornar descalço pelo mesmo caminho, pois escolheu o pior caminho para governar o país, o caminho trilhado de ódio, de preconceito, de desprezo, de desrespeito a vida.

As Vacinas que temos hoje no Brasil foi resultado de litígio no STF, vitória dos governadores que acionaram a justiça para que a população não morresse, se dependesse deste governo do "Messias", ninguém teria tomado vacina, e talvez a população brasileira já teria sido dizimada.

Infelizmente estamos caminhando para uma terceira onda da pandemia no Brasil e no Mundo, a ciência mundial atribui as consequências que estamos vivenciando aos negacionistas, aos milhares de ‘doutores’ e sabidos, que insistem em não tomar a vacina, e desdenham da ciência tal qual esse “Messias”.

As pessoas de bem, e as sensatas, são a maioria em qualquer lugar, estão juntas e de mãos dadas nesta luta para que possamos superar mais esse desafio aqui no Ceará, no Brasil e no Mundo, nada vai abalar a nossa força, a nossa coragem e a nossa fé.

Vamos enfrentar tudo isso com muita determinação, acreditar sempre na Ciência e nos especialistas, juntos nós vamos vencer, nenhuma tempestade é para sempre, apesar da dor das perdas, hoje estamos mais fortes e confiantes, a vacina é nossa grande aliada.

Tenho fé que muitas coisas ruins vão passar, que novos tempos viram, até os gatos da minha vizinha vão deixar de quebrar as telhas da minha casa, agora, a corrupção sempre vai existir, e alguns comportamentos que passaram a existir entre nós, ainda vai demorar um bocado a desaparecer. 




Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem