Eduardo Bolsonaro contraria o próprio pai e admite que 'não tem como comprovar que houve fraude' na eleição

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) contrariou seu próprio pai, o presidente Jair Bolsonaro, e afirmou durante sessão da comissão que discute a proposta do voto impresso, na Câmara dos Deputados, que não há como provar que houve fraude na eleição de 2018.

Por mais de uma vez, Bolsonaro afirmou que o pleito pelo qual se elegeu teria sido fraudado e que ele, na realidade, teria vencido já no primeiro turno, declarando ainda ter provas sobre a suposta fraude. “Eu acredito que, pelas provas que tenho em minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu tinha sido, eu fui eleito no primeiro turno, mas no meu entender houve fraude. E nós temos não apenas palavra, nós temos comprovado, brevemente eu quero mostrar”, disse, por exemplo, em março de 2020. Essas provas, no entanto, até agora não foram mostradas.

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.
Faça seu cometário...

Postagem Anterior Próxima Postagem