ALERTA: QUEDA DOS NÍVEIS DE OXIGÊNIO NO CASTANHÃO APONTA POSSIBILIDADE DE MORTANDADE DE PEIXES

Uma sequência de análises realizadas no açude Castanhão pelo setor de Desenvolvimento Operacional da Cogerh apontou uma tendência de queda dos níveis de oxigênio do açude no trimestre de abril a junho de 2021. Esse cenário, atrelado ao baixo volume do reservatório, pode resultar em ocorrência de mortandade de peixes.

O alerta foi dado durante reunião virtual ocorrida nesta segunda-feira (19) com produtores de peixes da região e membros dos Comitês de Bacias do Baixo e Médio Jaguaribe. “O objetivo da Companhia é de alertar sobre situação do açude e os possíveis impactos para a atividade de piscicultura da região”, ressalta o diretor de Operações da Cogerh, Bruno Rebouças.

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.
Faça seu cometário...

Postagem Anterior Próxima Postagem