Por que Bolsonaro mandou espionar a promotora do caso Marielle?

"Está na cara que o assassinato de Marielle é um problema para a família Bolsonaro", escreve Alex Solnik


Promotora Simone Sibilio (Foto: Divulgação/MPRJ)

Se a Abin de Alexandre Ramagem monitorou a promotora Simone Sibilio, que atuava no caso do assassinato de Marielle, e a Abin de Alexandre Ramagem estava 100% dedicada a resolver os problemas da família Bolsonaro, e obedecia a todos os desejos de Bolsonaro, está na cara que o assassinato de Marielle é um problema para a família Bolsonaro.

A pergunta é: a Abin de Alexandre Ramagem só monitorou pessoas que Bolsonaro queria monitoradas ou entrou em ação para ameaçar, chantagear e intimidar?

A promotora deixou o caso em 2021.

Este artigo não representa a opinião do Blog e é de responsabilidade do colunista Alex Solnik.

Leia também:

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem