O legado da extrema direita para o País: desigualdade

'Tentaram derrubar o Lula, mas a reação da população nas urnas será correspondida com a taxação dos super ricos', escreve o colunista Chico Vigilante


(Foto: ABr)

A nota técnica "Concentração de renda no topo: novas revelações pelos dados do IRPF", elaborada pelo Observatório de Política Fiscal da Fundação Getúlio Vargas, é mais uma prova cabal das reais pretensões da extrema direita no poder.

Após dez anos de equilíbrio, a distribuição de renda no país, no período de 2017-2022, coincidentemente sob as gestões de Michel Temer e do Capiroto, favoreceu apenas os mais ricos. Aliás, favoreceu apenas os 0,1% mais ricos do país.

É aterrorizante! O crescimento da renda deles evolui a um ritmo duas a três vezes maior do que a média registrada por 95% dos brasileiros. Isso elevou o nível de concentração de renda no topo da pirâmide brasileira para um recorde histórico negativo.

Nas entrelinhas, está a perversidade da extrema direita, com seus interesses ocultos e escusos, focados apenas no lucro que vem à tona. Algo exaustivamente divulgado, mas ignorado por uma parcela da população.

O estudo por trás desta nota técnica deve ser explorado em todos os meios de comunicação para que as pessoas tenham uma compreensão precisa da desigualdade em nosso país. Essa denúncia precisa se espalhar por todos os cantos do país. É importante entender por que há tanta desigualdade e pobreza quando há apenas 5% de milionários e bilionários.

É por isso que a esquerda é alvo de ataques constantes. A extrema direita não quer que a verdade seja revelada. Tentaram derrubar o Lula, mas a reação da população nas urnas será correspondida com a taxação dos "super ricos". Uma pedra enorme no sapato dos 0,1% da população brasileira. Com a esquerda no poder, o legado da extrema direita nunca irá prosperar e iremos acabar com a desigualdade!

Este artigo não representa a opinião do Blog e é de responsabilidade do colunista. 247/blog

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem