MEC divulga resultado do Enem: saiba como consultar

Inep informa notas dos candidatos na Página do Participante; 60 alunos tiraram nota mil na redação

Após falhas no site, Inep divulga notas dos participantes.

Por Tulio Gonzaga

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 foram divulgados nesta terça-feira (16) para os mais de 2,6 milhões de inscritos que fizeram a prova. Aplicada nos dias 5 e 12 de novembro, a avaliação individual de estudantes do Ensino Médio foi composta por dois dias de provas, com uma redação na primeira prova.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), 60 participantes obtiveram nota mil na redação do Enem 2023, sendo quatro de escola pública. Na edição de 2022, apenas 18 estudantes atingiram o feito e, em 2021, 22 pessoas lograram a nota máxima.

LEIA TAMBÉM:

O tema da redação foi "Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil", enquanto o tema da redação da reaplicação foi "Desafios para a (re)inserção socioeconômica da população em situação de rua no Brasil".

"Quero parabenizar aqueles jovens que tiraram nota mil na redação. O MEC está construindo uma política de reconhecimento aos resultados de todos os jovens e professores. É importante reconhecer e premiar os resultados da educação brasileira, principalmente pública", declarou Camilo Santana, ministro da Educação.

Como acessar

Para visualizar seu resultado, o estudante deve seguir os seguintes passos:

  1. Acessar a Página do Participante no portal do Inep, com login único da plataforma gov.br;
  2. Digitar CPF e senha;
  3. Clicar em "Entrar";
  4. Selecionar a aba "Resultado", onde estará disponível o resultado de suas provas nesta edição.

O participante poderá conferir seu número de inscrição, a opção de língua estrangeira escolhida e as respectivas de cada uma das quatro áreas do conhecimento e da redação. 

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira – Inglês ou Espanhol – Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação; e 
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).
  • Ciências da Natureza e suas tecnologias (Química, Física e Biologia);
  • Matemática e suas Tecnologias (Matemática).

Sobre a prova

O gabarito oficial do Enem 2023 foi divulgado no dia 15 de novembro do ano passado. Embora seja possível identificar no número de acertos, o candidato não consegue calcular seu resultado final somente com esta informação, pois o Inep utiliza um método diferente para o cálculo da nota, a Teoria de Resposta ao Item (TRI).

O participante pode usar o resultado do Enem para ingresso em faculdades públicas por meio do Sisu, por exemplo, conseguir bolsas em instituições de ensino superior privadas no ProUni ou fazer financiamento de cursos de graduação com o Fies.

Os estudantes que realizaram a prova como treineiros poderão conferir seu resultado em outra data, ainda indefinida. Segundo o edital do Enem 2023, "o participante poderá ter acesso à vista de sua prova de redação exclusivamente para fins pedagógicos, após a divulgação do resultado, em data a ser divulgada posteriormente". 

O espelho das redações será divulgado em 90 dias, conforme informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os textos são corrigidos e avaliados dentro das cinco competências apresentadas na matriz de referência. A nota máxima é de 1.000 pontos.

Inscrições em programas federais

Sisu 2024

A nota do Enem é critério para ingresso no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que permite a entrada em universidades públicas e cursos do ensino superior, como universidades federais e estaduais. O sistema seleciona os estudantes com base na nota atribuída no exame, segundo classificação e oferta de vagas por curso e modalidade de concorrência.

O período de inscrições para o Sisu 2024 será de 30 de janeiro a 02 de fevereiro. Segundo o Ministério da Educação, o resultado da chamada regular será divulgado no dia 05 de fevereiro.

ProUni 2024

É por meio do Enem que o estudante pode ser candidato ao Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. 

Em 2024, as inscrições para o ProUni estarão abertas entre 22 de fevereiro e 25 de fevereiro. O interessado deve acessar o site Portal Único de Acesso ao Ensino Superior para inscrever-se nas bolsas disponíveis.

Podem se inscrever os candidatos que realizaram ao menos uma das duas últimas edições do Enem, aplicadas antes do processo seletivo, e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média nas notas das cinco provas do exame. O estudante também não pode ter tirado nota zero na prova de redação do Enem e nem ter participado do exame na condição de treineiro.

Para participar do ProUni os candidatos devem comprovar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos, por pessoa, e seguir pelo menos uma das condições: ter cursado o ensino médio em rede pública ou em condição de bolsista integral em instituição privada; ser pessoa com deficiência; ou ser professor da rede pública de ensino. Confira os detalhes aqui.

Fies 2024

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes de cursos de ensino superior não gratuitos. O estudante poderá ingressar nos cursos disponibilizados pelo programa que seguem critérios pré-estabelecidos, como: modalidade presencial, avaliação positiva no MEC, além de não possuírem gratuidade.

O estudante que desejar se inscrever no Fies poderá fazê-lo a partir de 7 de março até 10 de março, e esperar a divulgação do resultado em 14 de março. O prazo de complementação das informações da inscrição e a data da lista de espera do Fies ainda não foram divulgados.

Para se inscrever, o candidato precisa ter realizado ao menos uma das duas últimas edições do Enem, aplicadas antes do processo seletivo, e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média nas notas das quatro provas do exame e 400 na redação. O estudante também deve ter renda familiar mensal máxima de até 3 salários mínimos por pessoa.

Desde o dia 7 de novembro, os mais de 1,2 milhão de beneficiários que não conseguiram pagar o financiamento podem receber perdão total com relação aos juros e até 99% de desconto nas dívidas. A abertura do programa de renegociação de dívidas do Fies permite que os estudantes regularizem suas condições com descontos até o dia 31 de maio de 2024.

Segundo o governo federal, serão criadas condições mais favoráveis de amortização das dívidas. O programa atenderá estudantes que firmaram contrato com o Fies até 2017 e com inadimplência – débitos vencidos e não pagos – até 30 de junho de 2023.

Forum

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem