Prefeito Sarto realiza primeira entrega de papéis da casa pelo ReurbFor para 859 famílias de sete comunidades

Ação faz parte do ReurbFor, maior programa de regularização fundiaria da história de Fortaleza, com expectativa de emitir 40 mil papeis da casa


O prefeito destacou a importância do documento para as pessoas que mais precisam, e agora passam a contar com essa segurança (📷: Tainá Cavalcante)

O prefeito José Sarto concedeu 859 papéis da casa para famílias de sete comunidades de Fortaleza. O evento de entrega ocorreu quinta-feira (28/12), no Cuca Jangurussu.

Esses documentos são os primeiros entregues pelo Programa Municipal de Regularização Fundiária Urbana de Fortaleza (ReurbFor), lançado pelo prefeito Sarto em 2022 e que deve beneficiar 40 mil famílias com o papel da casa.

Receberam papéis da casa famílias do Conjunto Maria Tomásia (Jangurussu), comunidade Irmã Dulce (Granja Portugal), Vila do Mar (Pirambu), Nova Fortaleza (Jangurussu), Planalto Universo (Vila União), Conjunto Palmeiras e Casa e Renda (Bela Vista).

O prefeito destacou a importância do documento para as pessoas que mais precisam, e agora passam a contar com essa segurança. "A gente está dando ação a um novo programa, o ReurbFor, que representa a materialização da escritura, da garantia que o imóvel que você está morando é seu. É a segurança da casa própria para quem está aqui há cerca de 14 anos, por exemplo, e agora vai entrar 2024 com o documento da casa na mão", celebrou.

O secretário da Habitação, Carlos Kleber, reforçou o esforço do Município para colocar em prática o programa que leva segurança jurídica para famílias mais vulneráveis. "Fizemos chamamentos públicos, licitações e convênios para tirar do papel o sonho do papel da casa. São R$ 17 milhões que estão sendo investidos pela Prefeitura para dar andamento nesse projeto", salientou.

Para dona de casa Maria do Carmo do Nascimento, a chegada do papel da casa nas mãos traz garantias. "Estou aqui desde 2012 e esperava por esse momento. Agora eu sei que a casa é minha e das minhas filhas", vibrou.

Seu José Maria Correia classificou o momento como histórico para todas as famílias do conjunto. "Esse papel traz segurança não somente para mim, mas todos nós que vivemos no Conjunto Maria Tomásia", disse.

Prefeitura de Fortaleza

Post a Comment

Aviso aos internautas:
Quando você comenta como anônimo, sua opinião não tem nenhum valor e não será publicada. Portanto pedimos aos nossos leitores que ao fazer comentários se identifiquem.
A sua opinião é muito importante para nós.

Postagem Anterior Próxima Postagem