EDITOR RESPONSÁVEL: JORNALISTA CLOVIS ALMEIDA - MTE/3416 - CE

Articles Tagged ‘corrupção’

Chefe das Forças Armadas vê Brasil à deriva

General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, o comandante do Exército, comenta a crise de segurança que assola o País desde as primeiras horas deste ano e afirma: "Não queremos que o uso das Forças Armadas interfira na vida do país"; "Esgarçamo-nos tanto, nivelamos tanto por baixo os parâmetros do ponto de vista ético e moral, que somos um país sem um mínimo de disciplina social", declara; "Somos um país que está à deriva, que não sabe o que pretende ser, o que quer ser e o que deve ser", completa o comandante

Chefe do Exército descarta punição a Mourão e admite intervenção contra o caos

 
Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, disse que o general Antonio Hamilton Mourão, que admitiu a possibilidade de uma intervenção militar no país em função da crise institucional e política, não será punido; comandante também declarou que a possibilidade de uma intervenção "ocorre permanentemente" e que e "as Forças Armadas têm mandato para fazer [uma intervenção militar] na iminência de um caos"; afirmação segue a linha do discurso defendido por Mourão, que disse que o Exército tem "planejamentos muito bem feitos" sobre o assunto; declaração também desautoriza o ministro da Defesa, Raul Jungmann, que havia pedido explicações e cobrado "medidas cabíveis a serem tomadas" contra Mourão.

Citado na Lava Jato, Moreira Franco ganha foro privilegiado como novo ministro

Com medida, aliado deixa de ser julgado pelo juiz Sérgio Moro. Processo vai ao STF

Michel Temer assinou no início desta noite  (2) medida provisória que recria dois ministérios e dá novas atribuições à pasta da Justiça, que passa a se chamar Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Temer recriou a Secretaria-Geral da Presidência da República e nomeou Moreira Franco, atual secretário executivo do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), para o cargo. Com isso, Moreira que tem seu nome envolvido em investigações na Operação Lava Jato, ganha foro privilegiado.

Com queda de apoio na Câmara, às portas de uma greve geral, depressivo, Michel adere ao “Fora, Temer”

                                                                 Ele mesmo aderiu ao “Fora, Temer”
 
O jornalista Luís Costa Pinto, do site Poder360, relata cenas de baixo astral no Planalto. Segundo ele, um dos principais conselheiros de Michel Temer perguntou-lhe se ele “estava à vontade no cargo e se o caminho trilhado para chegar ao poder, via impeachment, havia sido mesmo a melhor opção para o grupo político que articulou a deposição de Dilma Rousseff”.

Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

 
RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram apressados no Supremo Tribunal Federal (STF) e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin. Os donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, estavam acompanhados de mais cinco pessoas, todas da empresa. Foram lá para o ato final de uma bomba atômica que explodirá sobre o país — a delação premiada que fizeram, com poder de destruição igual ou maior que a da Odebrecht. Diante de Fachin, a quem cabe homologar a delação, os sete presentes ao encontro confirmaram: tudo o que contaram à Procuradoria-Geral da República (PGR) em abril foi por livre e espontânea vontade, sem coação.

Emendas a aliados que votaram contra denúncia somam R$ 266 milhões

Deputados da base aliada comemoraram rejeição de denúncia contra
Michel Temer na CCJ da Câmara EVARISTO SÁ/AFP
 
Valor corresponde ao período entre junho, após a divulgação da delação do empresário Joesley Batista, que foi usada na denúncia contra Michel Temer, e as duas primeiras semanas deste mês, às vésperas da votação na CCJ

GENERAL DO EXÉRCITO AMEAÇA INTERVENÇÃO MILITAR SE O JUDICIÁRIO "NÃO SOLUCIONAR O PROBLEMA POLÍTICO"

 
O general do Exército Antônio Hamilton Mourão afirmou em palestra promovida pela maçonaria em Brasília na sexta-feira (15) que seus "companheiros do Alto Comando do Exército" entendem que uma "intervenção militar" poderá ser adotada se o Judiciário "não solucionar o problema político"; Mourão disse que poderá chegar um momento em que os militares terão que "impor isso", e que essa "imposição não será fácil"; segundo ele, seus "companheiros" do Alto Comando do Exército avaliam que ainda não é o momento para a ação, mas ela poderá ocorrer após "aproximações sucessivas".

Meirelles era o presidente do JBS e não sabia de nada? Por Mauro Lopes

                                                                                    Foto: EBC
 
Por Mauro Lopes via ggn
Henrique Meirelles, a grande unanimidade das elites do país, que insistem em colocá-lo acima de qualquer suspeita, tem um “detalhe” em sua biografia que a imprensa golpista deixou passar: ele era o presidente do grupo durante os anos em que o JBS repassou ao redor de meio bilhão de reais aos políticos, com carta branca dos donos. Uma de suas responsabilidades era exatamente o contato com o mundo político. Não é incrível? E não sabia de nada? Não viu nada? Não “trocava figurinhas” com o agora megadelator e seu ex-patrão Joesley Batista?

NASSIF: DELAÇÕES CONTRA LULA FORAM OBTIDAS SOB TORTURA

 
O jornalista Luis Nassif afirma que a Lava Jato se parece com os processos de Moscou, de 1938, onde foram condenados bolchevistas históricos; "As confissões eram montadas e extraídas sob tortura, mas proferidas perante um juiz togado, obedecidos todos os procedimentos legais, com os interrogados em postura de arrependimento e humildade", diz ele; "Repetiu-se o mesmo jogo com Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, e Renato Duque, ex-diretor da Petrobras. Retransmitido dezenas de vezes pelo sistema Globo, as imagens mostram um homem destruído, no chão, o padrão clássico do interrogado sob tortura que diz o que o interrogador quer que diga. É inconfundível o cheiro de confissão montada"

Senador do PMDB acusa Michel Temer de chantagem e cobra renúncia do presidente (vídeo)

 

Senador Hélio José (PMDB-DF)
 
Um dos três votos da base aliada que ajudaram a derrotar a reforma trabalhista em comissão do Senado, o senador Hélio José (PMDB-DF) afirmou nesta quarta-feira, 21, ter sido alvo de retaliação do governo com a demissão de dois indicados seus em órgãos do Executivo. Em um discurso de oposição, acusou o presidente Michel Temer de chantagem e cobrou sua renúncia.

Valério: Aécio levava 2% dos contratos com o BB desde o governo FHC

 

 
Delação do empresário Marcos Valério é bombástica e atinge não apenas o senador Aécio Neves (PSDB-MG), como também o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; no acordo, fechado com a Polícia Federal, Valério sustenta que suas agências de publicidade participaram do financiamento ilegal da atividade política de Aécio desde os anos 90; ele afirma ainda que o tucano recebia 2% do faturamento bruto dos contratos do Banco do Brasil no governo FHC; Valério também sustenta que parte dos recursos desviados da campanha pela reeleição de Eduardo Azeredo (PSDB-MG), em 1998 — no processo que ficou conhecido como mensalão mineiro — abasteceu caixa 2 da campanha de Aécio a deputado federal

VERGONHA - Conselheiros do TCE-RJ são presos pela PF no Rio

 

Do topo, da esquerda para a direita:
Domingos Brazão, Aloysio Neves, Marco Antônio Alencar, José Maurício Nolasco e
José Gomes Graciosa (Foto: TCE-RJ)
 
Cinco dos sete conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE), foram presos temporariamente pela PF e passaram a primeira noite na cadeia. Todos são suspeitos de corrupção. Eles foram presos na manhã de quarta-feira (29), na operação Quinto do Ouro, da Polícia Federal, que investiga o pagamento de propina aos conselheiros para que não incomodassem empresas que prestam serviço ao estado. Aposentado, conselheiro Aluísio Gama de Souza também foi preso.

INTERNET DE QUALIDADE - CLICK NA IMAGEM