EDITOR RESPONSÁVEL: JORNALISTA CLOVIS ALMEIDA - MTE/3416 - CE

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ, REALIZARÁ AUDIÊNCIA PÚBLICA EM PENTECOSTE - CE

Escrito por Junior Pentecoste Ligado . Publicado em Ceará

 
O Sindicato dos bancários do CE, representado por Roberto, Cláudio e Rogério, entregaram na Câmara Municipal dos vereadores de Pentecoste, solicitação para realização de Audiência Pública que tratará sobre a discussão do papel dos bancos oficiais, o sucateamento promovido no atual governo e a privatização de todo o setor bancário.
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ (do centro para a direita):
 Roberto, Claúdio e Rogério, debatem com a população a conjuntura atual
dos bancos, o sucateamento e privatização, isso é ruim para os clientes.
 
A reestruturação que acontece com fechamentos de agência e demissões em massa tem como objetivo o sucateamento das instituições financeiras para prepará-la para a sua privatização.
 
Esse atual governo golpista que está destruindo o Brasil, procura através dos famigerados Planos de Demissão “Voluntária” (PDV), que já demitiu em torno de dez mil trabalhadores, o fechamento de cerca de 500 agências e setores administrativos com a eliminação de milhares de postos de trabalho, visando preparar os bancos para a sua privatização.
 
Diante destes fatos que significativamente atingirá todos os clientes e a população em geral, é necessário que a sociedade tome conhecimento através dos representantes do Sindicato dos Bancários do Ceará, os argumentos que serão apresentados em Audiência Pública que ocorrerá no dia 30/11/17 em sessão aberta ao público, a partir das 9:hs da manhã. Convidamos toda a sociedade a lutar por este enorme e histórico desafio de defender o patrimônio da nação brasileira.
 
Atualmente a tal política manuseada pelo governo de Michel Temer, nada mais é do que satisfazer os apetites e interesses dos grandes capitalistas em crise, exigindo o aprofundamento dos ataques aos trabalhadores e de todo o povo brasileiro para confiscar o patrimônio do povo brasileiro, que no caso do BB, são valores acima de R$ 1,51 trilhões em ativos. 
 
Não é por acaso que a FENABAN, FIESP, CNI, FIRJAN, e outros, foram os financiadores do golpe de estado que derrubou um governo legítimo e agora querem recuperar seus créditos e lucrar no suor do povo brasileiro e principalmente usurpando o patrimônio do Brasil, além da destruição dos direitos trabalhistas.
 
Os ataques lançados aos trabalhadores pela direita golpista vêm piorando, e muito, as condições de trabalho dos bancários em seus postos de serviços e com isso prejudicando toda a população em relação aos serviços prestados pelos bancos. Agências superlotadas com falta de pessoal, funcionários obrigados a exercer a função de gerente geral da agência sem o devido incentivo, quantidade reduzida de funcionários, sendo obrigados a cumprirem metas, redução do quadro funcional... Uma política que vem desde o famigerado governo de FHC.
 
É preciso ser bem claro que a política de maior sucateamento dos Bancos, das demais empresas estatais, é apenas um artifício utilizado pela burguesia para privatizar as empresas e entregar para os capitalistas aumentando a exploração dos trabalhadores e da população, tal política foi utilizada em praticamente todas as empresas que foram entregues para os capitalistas, principalmente no governo de FHC (PSDB) tais como a Vale do Rio Doce, as Teles, Energia, Água e também os bancos estaduais em todo o território brasileiro.
 
Venha participar dia 30/11/17, da sessão aberta ao público, a partir das 9:hs da manhã, na Câmara Municipal de Pentecoste e ser colaborador neste processo de defender o seu patrimônio brasileiro.

Tags: Ceará câmara de pentecoste pentecoste - ceará Sindicato dos Bancários Audiência Pública Sucateamento Demissões Privatização

INTERNET DE QUALIDADE - CLICK NA IMAGEM