EDITOR RESPONSÁVEL: JORNALISTA CLOVIS ALMEIDA - MTE/3416 - CE

Mulher tem coração clinicamente partido após morte de seu cachorrinho

Escrito por Junior Pentecoste. Publicado em Brasil

 
Ela perdeu seu companheiro, um cão da raça Yorkshire terrier, e apresentou a condição médica
 
São Paulo – Uma mulher de 61 anos apresentou síndrome de coração partido após a morte de seu cachorro.
 
Como explica o The New England Journal of Medicine, a paciente, chamada Joanie Simpson, tinha sinais de infarto, como dores no peito e pressão alta, mas apresentava problemas nas artérias coronárias. Ao fazerem um ecocardiografia, os médicos encontraram o problema: cardiomiopatia de Takotsubo, conhecida como síndrome do coração partido.
 
Essa condição médica tipicamente acontece com mulheres em fase pós-menstrual e pode ser precedido por um evento muito estressante ou emotivo. Nesses casos, o coração apresenta um movimento discinético transitório da parede anterior do ventrículo esquerdo, com acentuação da cinética da base ventricular, de acordo com um artigo médico brasileiro que relata um caso semelhante. Simpson foi encaminhada para casa após dois dias e passou a tomar medicamentos regulares. 
 
Ao Washington Post, ela contou que estava quase inconsolável após a perda do seu animal de estimação, um cão da raça Yorkshire terrier. Recuperada após cerca de um ano, ela diz que não abrirá mão de ter um animal de estimação porque aprecia a companhia e o amor que os cachorros dão aos humanos. O caso aconteceu em Houston, nos Estados Unidos.
 
Por Lucas Agrela (Exame)

Tags: brasil Animal de estimação Yorkshire amor companhia

INTERNET DE QUALIDADE - CLICK NA IMAGEM